Fé e celebração no Novembro Negro

0
0
0
s2sdefault
 

Já no sábado (26), as lideranças do Movimento Negro se reuniram no CEPAIA/UNEB (Centro de Estudos dos Povos Afro-Índio-Americano) para fomentar ações afirmativas de políticas públicas para a capital baiana. A Secretaria da Reparação (Semur) esteve presente no Sociedade, em Vila Canária. A Semur promoveu divulgação e ações para os cidadãos e associações comunitárias.

No dia do Samba de Roda e da Baiana (25), Ailton Ferreira destacou a importância de comungar o samba com a singeleza e magia da baiana. Recordo do provérbio Etíope: “várias teias de aranhas juntas são capazes de juntar um leão”, afirmou Ailton.

Aconteceu também na noite de quinta-feira, dia 17, o encontro com empresários na Faculdade Dom Pedro II - Comércio, realizado pela Secretaria. Com o tema Reparação e Responsabilidade Social, a Semur reuniu os empresários para apoiar iniciativas populares e alavancar o espírito empreendedor.


 

0
0
0
s2sdefault