Conselheiros das Comunidades Negras tomaram posse na última quarta-feira

0
0
0
s2sdefault


O prefeito João Henrique destacou algumas ações atendidas ao movimento negro. “A Prefeitura vem, desde 2005, através da SEMUR, atuando de forma transversal em vários aspectos, para contribuir com a comunidade negra. Como a sanção da nova lei aos afrodescendentes nos concursos públicos com até 30% das vagas, o programa na saúde como o tratamento da anemia falciforme, o mapeamento dos terreiros de candomblé, dentre outros”, conclui o prefeito que também ressaltou a importância da parceria do poder público com o Conselho. “É um órgão que atuará junto com a SEMUR na construção de políticas públicas afirmativas para o município”, finalizou.

 
 

Segundo o Secretário Municipal da Reparação, Ailton Ferreira, o novo Conselho trouxe novas instituições como entidades do samba, da força sindical, das baianas de acarajé, da protetora dos desvalidos, dentre outros. “O conselho está muito mais forte, não só pela quantidade, mas também pela qualidade e diversidade que o compõe”, concluiu o secretário.


 

Relação dos novos Conselheiros:

 

Leomar Borges dos Santos, Secretaria Municipal da Reparação - SEMUR; Helen Mary Menezes Cortizo, Casa Civil - CC;

 

Andréia Nascimento da Silva e Idalina Maria Lima Fonseca, Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social e Direitos do Cidadão - SETAD;

 

Ivan Luiz Pires Veloso, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente - SEDHAM;

 

Antonio Carneiro da Silva, Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Prevenção à Violência - SESP;

 

 Silvia Santos Augusto, Secretaria Municipal de Saúde - SMS;

 

Juçara Rosa Santos de Araújo, Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer - SECULT;

 

Walter Altino de Souza Junior e Tânia Maria Freitas dos Santos, Câmara Municipal de Salvador - CMS;

 

Santo Ádamo Nunes de Oliveira e Fábio de Queiroz Santana, Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia;

 

Josiel Silva Anjos e Angélica Conceição Ferreira Gomes, Terreiro Yalé Yaossun;

 

Neilto dos Santos Barreto e Albérico Leôncio França, Associação Protetora dos Desvalidos – SPD;

 

Eurico Alcântara dos Santos e Evilásio da Silva Bouças, Núcleo de Religião de Matriz Africana da Polícia Militar – NAFRO/PM;

 

 Daniel de Souza Alcântara e Almir Meireles dos Santos, Associação Beneficente Cutural e Religiosa Aloyá;

 

 José Raimundo Troccoli e José Carlos da Cunha Trigueiros, Centro Umbandista Paz e Justiça;

 

Júlio César Soares e Almir Santos Menezes, Venerável Ordem Terceira do Rosário de Nossa Senhora às Portas do Carmo – Irmandade dos Homens Pretos;

 

Rita Maria Ventura dos Santos e Waldinilton Ferreira Mota, Associação das Baianas de Acarajé e Mingaus – ABAM;

 

 Hamilta Maria de Jesus Queiroz e Ana Maria Lima Pires, Clube das Mães da Estrada das Barreiras;

 

Marcos Antonio Almeida Sampaio e Niela Tiara Santos Soledade, Instituto Kutala Nleeke;

 

Carlos Vinicius Gomes Melo e Valter da Mata Filho, Conselho Regional de Psicologia;

 

Regina Lúcia de Jesus e Jussara Santana, Associação Cultural Marcus Garvey;

 

José Hamilton V. Oliveira e Eucimar Freitas de Oliveira, Federação das Associações de Moradores do Movimento Comunitário da Bahia – FAMMCEBA;

 

Heloivaldo Nascimento França e Eurimar Lúcia de Jesus, UNESAMBA;

 

Jaime Martins dos Santos (Mestre Curió) e Valdelice Santos de Jesus, Escola de Capoeira Angola Irmãos Gêmeos;

 

Luis Vítor Moreira da Costa e Valéria Lima dos Santos, Força Sindical;

 

Cláudia Rocha da Silva e Wilson Roberto de Matos, Centro de Estudos dos Povos Afro-Índio-Americanos/CEPAIA/UNEB;

 

Jucy Silva e Tarry Cristina Santos Pereira, Instituto Cultural Beneficente Steve Biko;

 

Daiane Batista de Jesus e Deise Souza dos Santos, Núcleo de Desenvolvimento Cultural Espaço Quilombo.


 

SECOM

0
0
0
s2sdefault