Prefeitura promove cerimônia de outorga do Selo da Diversidade Étnico-Racial

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Reparação (Semur), promoveu nesta quinta-feira (14) a cerimônia anual de outorga das empresas participantes do Selo da Diversidade Étnico-Racial. O evento, que está na décima edição, ocorreu no auditório do São Salvador Hotéis e Convenções, no Stiep, e contou com a presença da titular da Semur, Ivete Sacramento, além de representantes e gestores de entidades e organizações públicas e privadas certificadas pelo programa municipal. Cerca de 140 empresas participantes das categorias Reconhecimento e Compromisso tiveram a certificação renovada na ocasião.

De acordo com Ivete Sacramento, o Selo da Diversidade Étnico-Racial representa uma política pública de sensibilização das instituições, visando a promoção, valorização e igualdade étnica no ambiente interno das instituições. “O que nos importa não é a empresa apenas empregar as pessoas afrodescendentes, mas também qualificá-las para melhor serviço ao público, oferecendo a oportunidade de crescimento profissional”, ressaltou ela, acrescentando que a população de Salvador é composta por 82% de negros, considerando pretos e pardos.

Ao obter a certificação, as instituições participantes assumem o compromisso de fazer um censo étnico-racial e desenvolver ações de combate ao racismo no ambiente de trabalho. A concessão do selo é renovada anualmente e, para se garantir entre os premiados, as instituições e empresas devem atender a diversos critérios pré-estabelecidos por um Comitê Gestor.

As organizações contempladas precisam seguir um plano de trabalho, assumindo um compromisso com o município de promover ações de combate ao racismo, seguindo critérios como inclusão da juventude negra no mercado de trabalho, apoio a programas de primeiro emprego, formação de colaboradores para combater a discriminação racial, além de ações no ambiente de trabalho voltadas para a comunidade, parceiros e fornecedores. 

Durante a cerimônia de outorga nesta quinta, os representantes da rede Carrefour, Dow Brasil e Unifacs apresentaram casos de sucessos e ações de promoção de igualdade social praticados em cada ambiente de trabalho. A gerente de Diversidade e Responsabilidade da Carrefour, Karina Chaves, revelou que o corpo de trabalhadores da empresa no Brasil possui 42% de negros em cargos de liderança. Já Patrícia Pastori, coordenadora de Extensão Comunitária da Unifacs, apresentou o lançamento do curso de extensão Diversidade Racial LGBT.

Outro caso de sucesso apresentado foi o projeto Toda a Cor. O líder de Operações e Sponsor do Africa American Network Dow Brasil, Gerson Leite, explicou que a iniciativa aplicada pela empresa visa compartilhar com clientes e fornecedores os projetos e ferramentas desenvolvidos pela Dow Brasil, a fim de disseminar métodos e políticas de promoção e igualdade racial.

Fonte: SECOM