BID seleciona estudantes negros e indígenas para atuar como assistente de pesquisa no Brasil

0
0
0
s2sdefault
 
O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) lançou o programa Afirme seu Talento, que selecionará quatro estudantes de pós-graduação para atuarem como assistentes de pesquisa em atividades de apoio à realização de projetos na carteira do Banco no Brasil. 
 
O valor da bolsa deve variar entre R$ 2.000,00 e R$ 2.800,00, com carga horária compatível para estudantes de pós-graduação, acordada entre o bolsista, o BID e a UnB. Os estudantes selecionados receberão capacitação antes de iniciarem as atividades.
 
 
A iniciativa piloto, que conta em sua primeira fase com o apoio da Universidade de Brasília (UnB), busca ampliar os benefícios da adoção das quotas raciais, a fim de promover a participação de estudantes que se autodeclarem negros ou indígenas nos projetos de desenvolvimento financiados pelo Banco.
 
 
O intuito é oferecer oportunidades de desenvolvimento profissional e possibilidade de futura contratação como funcionários. Os alunos selecionados vão atuar na Representação do BID no Brasil, em Brasília, junto às equipes de projeto, apoiando também as agências executoras no planejamento e implementação das operações.
 
 
Para a Representante do BID no Brasil, Daniela Carrera-Marquis, esta iniciativa piloto "é uma oportunidade para enriquecer o quadro de profissionais do Banco, assim como promover novos conhecimentos e experiências aos bolsistas. O benefício será mútuo", disse.
 
 
As áreas preferenciais de conhecimento são Ciências Sociais, Direito, Política Pública, Economia, Administração de Empresas, áreas de engenharia ou similares. Nesta primeira seleção estão sendo oferecidas quatro vagas. 
 
 
As inscrições acontecem até o dia 22 de abril. Para mais informações, acesse o edital: http:__www.unb.br_noticias_downloads_Edital_20-_20Programa_20Afirme_20seu_20Talento_20BID.pdf 
 
Fonte: SEPPIR
0
0
0
s2sdefault