Empresário recebe prêmio nacional em solenidade com filha de Luther King

0
0
0
s2sdefault


Num evento que contou com a presença da filha de Martin Luther King e de mais de 2 mil autoridades e  personalidades brasileiras e estrangeiras de diversos setores, o baiano Raimundo Lima foi o único empresárIo a conquistar o Troféu Raça Negra 2012, recebido durante uma grande solenidade no vistoso teatro Sala São Paulo, na capital paulista, dentro das comemorações da Semana da Consciência Negra.
 
A principal estatueta do prestigiado "Oscar" da comunidade negra  brasileira foi recebida pela filha de Martin Luther King Jr., Bernice King, em homenagem póstuma ao pai, um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis nos Estados Unidos.
 
Receberam a estatueta na mesma ocasião o vice-presidente do Banco do Brasil, Robson Rocha,  a jornalista Glória Maria (Rede Globo), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux, o diretor de Redação da Folha de São Paulo, Otavio Frias Filho, os cantores Carlinhos Brown, Martinho da Vila e o grupo de rap Racionais MC's, o advogado-geral da União, Luís Inácio Lucena Adams, os atletas olímpicos Anderson, Fofão e Fabiana, o ator mirim Jean Paulo Campos ("Cirilo"), a atriz Cacau Protásio. (Zezé, de "Avenida Brasil"), o famoso gari carioca Renato Sorriso, o Bispo Afonso Nunes, de Angola, dentre outras personalidades relevantes.
 
           
 
EMPREENDEDORISMO
 
 
Raimundo Lima é presidente do Grupo Aldeia,  composto por 14 empresas em diversas áreas, como educação, empreendimentos, comunicação e agronegócios em Angola e no Brasil, incluindo uma empresa de desminagem (desativa minas explosivas) e a Fundação Kianda, de responsabilidade sócio-ambiental.
 
 
Também Presidente da Assembléia Geral da Associação dos Empresários Brasileiros em Angola (Aebran), Raimundo Lima aposta no empreendedorismo com ênfase na responsabilidade social e tem se notabilizado pelas ações de integração dos povos do Brasil e de Angola. Foi criador e presidente da Comissão Organizadora das Cinco primeiras Semanas Comemorativas da Independência do Brasil em Angola, com seminários empresariais, mostras de cinema, palestras, shows musicais e muitos outros eventos.
 
 
Pela qualidade dos seus serviços, o Grupo empresarial presidido por Raimundo Lima tem recebido várias premIações, sendo o ultimo o Prêmio Summit de Qualidade Internacional, nos Estados Unidos, em maio último. Raimundo Lima recebeu das mãos da ministra do Ensino Superior, Ciências e Tecnologia o Prêmio de Melhor participação da Feira Educangola e, no final do ano passado, o Grupo foi o único homenageado pelo Ministro da Educação de Angola pela excelência da contribuição ao desenvolvimento do País.
 
 
Filho do marceneiro Bertulino e da costureira Diva, Lima é baiano de Feira de Santana. Graduado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo,  tem pos-graduação em Direito Eleitoral. Antes de ser empresário, actuou como jornalista e professor universitário no Brasil. Está há 13 anos em Angola.
 
 
Ao receber a honraria, Raimundo Lima destacou que partilhava com seus colegas e parceiros brasileiros e angolanos o prêmio que deve servir de estímulo para todos que, como ele, actuam no sentido de promover-se uma integração real entre os dois povos irmãos. "O Brasil tem uma dívida histórica com Angola, já reconhecida pelo Governo brasileiros e esta precisa ser resgatada, daí apostamos no empreeendedorismo com ênfase na responsabilidade social, dando o nosso modesto contributo juntamente com muitos outros lutadores por esta nobre causa".
 
 
Segundo o reitor da universidade paulista Zumbidos Palmares, José  Vicente, esta décima edição especial do Troféu Raça Negra homenageou pessoas atuantes nos diversos setores, que o Conselho de Honrarias da Afrobras escolheu criteriosamente: autoridades e personalidades negras ou não, que colaboram para exaltar, enaltecer e divulgar o valor das iniciativas, ações, trajetórias e realizações que tenham contribuído para o aprofundamento e ampliação da valorização do negro.
 
0
0
0
s2sdefault